terça-feira, 5 de janeiro de 2010

2 semanas depois (Coelho para a Consoada)

Ganhar-lhes sabe bem. Sabe bem depois de ter visto o Guilherme Aguiar (ex Presidente do Conselho de arbitragem e hoje comentador do fóculporto. Coincidências!) sorrir daquela maneira após o jogo de Olhão. Eram favas contadas. Depois do Olhanense - Benfica era, de facto, difícil não apontar os azuis como favoritos.





O Benfica ganhou, ganhou bem e - surpresa - por falta de comparência. O teu clube não apareceu no Estádio da Luz. Desde um guarda redes que foi levantar o Maxi enquanto Saviola já se exagerava ao central que deixou a bola passar para o mesmo e acabando numa tripla atacante que não foi mais que corpo presente. O Benfica, com Carlos Martins em campo e, mais tarde - humilhação! - com Luís Filipe, não teve que suportar mais que dois remates fora da área.
Para mim, ganhar aos azuis não chega. Sabe bem, pode ter sido decisivo, etc. Mas, porque alem de pessimista militante sou um tipo exigentíssimo, não peço menos que virar a história outra vez. Não quero ser lagarto e achar que vos ganhar já é óptimo - como eles pensam de nós. Para mim importante é ganhar o Campeonato. E o seguinte, e o seguinte, e o seguinte, e o seguinte.


E para isso o mais importante é não pensar no que se passou há duas semanas, mas sim pensar em ganhar ao Rio Ave fora. A diferença entre pensar uma coisa e outra é tão grande como a escolha de Koeman em 2005/2006: uma vez Campeões já se pode tentar a sorte na Champions, quais parolos novos ricos? Não. Quero a casa arrumada. Quero o domínio nacional. E para isso, é importante comer a relva, não ter medo e comer-vos quando jogamos contra vocês. Mas é importante que essa vontade de comer o mundo seja eterna, e não "um novo ciclo". 
 
 
Quero o Benfica Campeão. Quero o Benfica Campeão sempre. 
Quero um dia poder recordar este clássico como o que virou - outra vez - a História a nosso favor. E assim, sim, o sabor do Coelho será outro.

2 comentários:

  1. Já sabes, até final da época.

    Antepenúltima fila, naquele lugar onde há mais espaço entre 2 cadeiras!

    ResponderEliminar
  2. infelizmente nao foi o classico que virou a historia nao sei o qeu mais falta para o nosso benfica acordar...

    ResponderEliminar