quarta-feira, 24 de março de 2010

Era uma vez um Hulk

Hoje vou falar-vos de Givanildo Vieira de Sousa. Há dois anos atrás, para mim, era um nome completamente desconhecido. Até que, à semelhança de grandes fiascos que já passaram pelo F. C. Porto, Hulk foi apresentado como a grande surpresa da época.



Aos primeiros toques na bola, foi logo possível fazer o raio-x deste jogador: irreverente, possante, dono de um talento invulgar, egoísta, em poucas palavras. Eu, que não sou doutorada como os Manhas e Goberns deste mundo, comparei-o a Ronaldo (ao bom Ronaldo, não ao Cristiano Rónaldo, claro). Há muito tempo que não via aquelas corridas explosivas do "fenómeno" do Barça, mesmo que, em muitas delas, acabasse a insultar o Hulk pelo passe fácil que ele não fez ou pelo remate 30 metros acima da baliza que podia matar alguém.

Não é todos os dias que se vê um jogador assim. Para o bem e para o mal. Hulk é daqueles gajos que nos faz arrancar cabelos e roer as unhas. E era constantemente assobiado no Dragão. Mas depois pegava na bola, corria, passava por cima de qualquer adversário e mandava uma bomba indefensável. Não foi por acaso que aquela jogada em alvalade correu o mundo.



E o mundo começou a falar de Hulk. Do interesse deste e daquele, dos milhões que podia valer. Sem me basear nos jornais, que já venderam o Luisão e o Miguel Veloso (só para dar dois exemplos) mil e quinhentas vezes para o real madrid e para o manchester, é óbvio que achei possível. Num clube que vende o Cissokho por 15 milhões tudo é possível, aliás.

Hulk não é o melhor jogador do mundo, mas é fundamental no Porto. E toda a gente sabe disso. Sabem tão bem que o castigaram com quatro meses. Quatro meses é uma eternidade para um jogador de futebol. Não são os 17 ou 18 jogos (a contar com o de hoje em Vila do Conde) por si só. É a falta de ritmo, de motivação, a desvalorização financeira e tudo o resto. Hulk, por exemplo, de certeza que não vai estar no Mundial.



Com que direito o senhor Ricardo Costa pode estragar uma carreira? Duas, até, porque só não estou a falar do Sapunaru porque, notoriamente, não é um jogador de topo. A resposta é óbvia: a intenção nunca foi estragar a vida destes jogadores.

O que se jogou aqui nesta brincadeira dos túneis foi apenas e só mais uma tentativa de afundar o F. C. Porto. E conseguiram. O meu clube está a bater no fundo, realmente. E só quando está mesmo, mesmo, mesmo na lama é que alguém se digna a vir dizer que, afinal, o castigo é de três jogos. Três jogos. Parece gozo não é?

- Tou, Hulk! Olá pah! Estou a ligar-te porque afinal o teu castigo é de três jogos. Não é bom? Já podes jogar! Mas hoje não, que isto só tem efeito a partir de amanhã. E desculpa lá o engano, tá?

O telefonema é, obviamente, fictício, mas não deixa de ser chocante só de o imaginar. E agora? O que vai acontecer? O Hermínio já caiu, mas isso chega para alguma coisa? Indemnizações? Pedidos de desculpa? E em que é que isso vai beneficiar uma equipa que ficou privada de um jogador como Hulk?

É muito provável que o benfica seja campeão esta época. O Porto já vai longe e o braga vai ter de ser afastado mais cedo ou mais tarde. O castigo do Vandinho é uma prova disso. Eles vão festejar, nós vamos ficar frustrados e para o ano começa tudo outra vez. Mas tu sabes, M., como te vou recordar isto ad nauseum.

16 comentários:

  1. Ponto nº1:

    O porto antes da suspensão do Givanildo fez um total de 29 pontos em 14 jogos, perfazendo uma média de 2,07 pontos por jogo.
    O porto depois da suspensão do Givanildo fez um total de 18 pontos em 9 jogos, perfazendo uma média de 2,00 pontos por jogo.

    Assim sendo, mantendo a dinâmica anterior de 2,07 pontos por jogo, o fóculporto teria feito nestes 9 jogos um total de 18,64 pontos.

    Ponto nº2:

    O Varela já era mais vezes titular que o Givanildo.

    Ponto nº3:

    Qual a diferença entre estas situações?

    http://fotos.sapo.pt/P8hU5bNK83LgW5jUiyp2/

    http://img694.imageshack.us/img694/809/fotoart.jpg

    Ponto nº4:

    Quando é que o bruno alves leva um sumaríssimo?

    Ponto nº5

    Fica para o ano...

    ResponderEliminar
  2. Ponto nº 1: nem sequer imaginas o gosto que me dá ver-te a fazer essas contas.

    Ponto nº 2: não querendo comentar as opções do meu treinador (que pelos vistos tu dominas), parece-me óbvio que o melhor ataque do Porto seria Hulk-Falcao-Varela, tendo em conta que o Rodriguez passou o ano lesionado e o Mariano nem conta. Mariano esse que teve de ser até titular várias vezes devido à ausência do Hulk. Mas isso não deve entrar nas tuas contas dos 2,93823570458 pontos e não sei quê.

    Ponto nº 3: o Costinha, em Guimarães, foi castigado por segurar nos ditos cujos virado para os adeptos do vitória. Nós temos, portanto, um historial de castigos tão vasto que te consigo responder a todas as situações.

    Ponto nº 4: dois ou três por favor que eu já não o posso ver à frente.

    Ponto nº 5: o benfica, que eu saiba, ainda não é campeão. Mas para o ano cá estaremos. Eu, o Hulk, o novo treinador, o Pinto de sempre. Só o Falcao é que tenho dúvidas, porque se calha de continuar a marcar estes golos todos é melhor inventar-se um castigo para ele.

    ResponderEliminar
  3. É capaz de ser melhor. Se inventaram para o Cardozo, porque não para o Falcao?

    ResponderEliminar
  4. C., pensava que eras mais inteligente do que isto. Ainda resta uma esperançazita que assim seja, pela forma como escreves. Mas pelo conteúdo, pá, uma miséria. Eu compreendo que os adeptos azuis com palas nos olhos, assim como todos os outros de todas as outras cores, pensassem assim dessa maneira. Mas de pessoas com um minimo de testa, já espero outra coisa.

    Não sei, não vi, se calhar até já admitiste e eu não li. Não sei o q pensas, mas sei o que eu penso e sei o que muita gente com quem eu falo pensa. E chego a uma conclusao: é que se fossem jogadores do SLB a fazer o que fizeram no túnel, eu achava logo que deviam ser suspensos. Logo. O futebol e os clubes não servem para aturar estas atitudes de merda de jogadores que, sejam ou não provocados, são pagos para saberem estar nas derrotas e nas vitorias. O que as camaras mostraram toda a gente viu. O que eu não acho normal é considerar até que não deveria haver castigos. Mas que é isto? Andamos numa arruela onde vale tudo e tudo passa impune? Talvez seja mesmo assim, a julgar pela tua opiniao. Porventura estas habituada a que muitas vezes saiam incolumes de situaçoes que deveriam ter mão firme. E são tantas ao longo dos anos...

    O Cantona foi suspenso pelo proprio MUFC logo nessa noite em que resolveu dar um ar de karateca. So depois veio a suspensao da federaçao inglesa. Sao maneiras de estar no futebol completamente diferentes. No teu clube, acham-se no direito de considerar inconstitucionais, leis que vcs proprios apresentaram e foram aprovadas, so pq da jeito pq foram devidamente aplicadas a 2 jogadores. É a chico-espertice ao seu expoente maximo. É desta laia que são feitos os vossos genes. É por isso que nunca hão-de ser respeitados. São todos uma merda de alto a baixo, todos.

    ResponderEliminar
  5. Para quem se considera mais inteligente, esse final de texto mostra muito de ti.

    Bem, mas quanto à bola. Darem o exemplo do Cantona (já ouvi mil comentadores a falarem disto hoje, já mudavam o disco) é, como hei de dizer?, estúpido. Compararem aquele pontapé num adepto a um túnel onde só vemos uns amassos (perdoa-me não ter o teu mínimo de testa, mas se tu podes ver o que queres, eu também posso) claramente planeados e provocados não faz qualquer sentido.

    O Hulk e o Sapunaru foram uns idiotas. Aliás, todos os jogadores do Porto que saíram do balneário (e nunca havemos de saber porquê...) e voltaram àquela zona previamente preparada foram uns idiotas. E nunca irei parar de dizê-lo. Foram uns idiotas porque caíram na clara ratoeira do Rui Costa. E, consoante a pressão que foi feita (a Bola e o Record chegaram a pedir anos de castigo), era óbvio que tinham de ser castigados. A questão é: deram como provada a agressão, deram como provada a resposta a uma provocação e consideraram os stewards acima até dos próprios jogadores. Ou seja, o Katsouranis parte uma perna a um jogador e, imaginado que tinha sido castigado (coisa que não foi, claro), levava dois ou três jogos de castigo. Mas como se tratou de um steward já vai para 4 e 6 meses. Isto faz qualquer sentido para pessoas com o mínimo de testa? Não, não faz. E daí o Conselho de Justiça vir fazer isto. Mas é tarde demais e nós temos o direito de estar indignados. Já vocês, se tivessem o mínimo de vergonha na cara e a consciência tranquila, estavam calados porque vão em primeiro.

    Quanto à velha moral do "se fosse no benfica eu não perdoava" já não há pachorra. Vocês dizem o mesmo em relação às escutas mas quando vêem escutas do vosso presidente fazem de conta que não existem. Vocês dizem o mesmo do Bruno Alves mas o Javi Garcia já é um jogador com classe. Poupem-me.

    ResponderEliminar
  6. Coisa planeada ? Insinuações baixas e reles. E eu conheço o steward em causa, que tem uma cicatriz na testa e vai ter até ao fim dos seus dias. Mas caga nisso... foi tudo "planeado"? Foi. Planearam sair quando ia passar a equipa de arbitragem!

    E o Rui Costa perguntar "mas o que é isto?" também fazia parte do plano.

    Quanto ao Javi, se quiseres vai espreitar o fórum de benfiquistas existente online e vês a larguíssima maioria de adeptos do Benfica que lá participam (e é uma comunidade com mais de 15 000 pessoas) revoltadas por o Benfica ter recorrido de um castigo mais do que justo. Os que não contestam usam o argumento de outros não serem punidos. E comparar o que o bruno alves faz todo o santo jogo ao Javi é de quem, claramente, não vê os jogos.

    ResponderEliminar
  7. Claro Tiago. Os lampiões são honestos, civilizados, justos, espectaculares, limpos e cheiram bem. Nós somos feios, porcos e maus. Discutir com falsos moralistas é pior do que discutir com estúpidos.

    ResponderEliminar
  8. Há várias coisas pelas quais podem pegar. Por estas não. Obviamente não vou dizer pelas quais podem pegar, vocês que descubram.
    Se há coisa que não sou é falso moralista, e conheces-me há tempo suficiente para o saber.

    ResponderEliminar
  9. O meu ultimo paragrafo diz muito da minha opiniao em relaçao ao que vcs são. Infelizmente levam-me a pensar assim, já se tivessem outras atitudes, outros valores e outra cultura desportista talvez as coisas fossem muito diferentes. Sabes que as opinioes sao formadas por aquilo que vamos vivendo e vendo ao longo do tempo. Isto, claro, em pessoas com alguma testa e que não emprenham pelos ouvidos so porque sim.

    C., tu vês aquilo que te interessa. Acabaste de o provar pelo teu comentario. Serás assim tão papalva que não consigas admitir que ha pontapes e murros? Ou viste assim algumas imagens tao violentas que não conseguiste continuar a olhar para aquela violencia gratuita? Pois é. Mas a questão versa outros pontos. O exemplo do MUFC é estupido para ti, porque não estas habituada a uma cultura desportista sã e saudável. Estas habituada a que jogadores façam praticamente o que quiserem em campo e passem incolumes (ainda este domingo vimos isso). E mais. Chegam ao ponto de defenderem essas atitudes, como sendo apanágio da cultura do teu clube. Claramente confundem garra com violência. Ganhar custe o que custar, bem podia ser o vosso lema. Dentro e fora das 4 linhas.

    Como é que podes dizer que todo o cenário do tunem foi provocado e planeado pelo Benfica? Vê-se algum jogador do clube lá metido? Zero. Por acaso até vês o Rui Costa a tentar apaziguar as coisas. Mas tu achas que ele é que foi o mentor disto tudo. Brilhante, melhor do que isto é impossivel.

    ResponderEliminar
  10. Viste o Meireles a pontapear o Kardec no chão? Viste o Meireles a pisar o Carlos Martins no chão? Viste o Bruno Alves a pontapear no chão o Aimar? Viste o Bruno Alves a dar duas cotoveladas em bolas divididas no ar? Viste o Bruno Alves a provocar os adeptos com 4 dedos e o Cebola caralhadas para a bancada? Claro que não viste. É tudo montado, tudo inventado. Aliás, se fosse verdade, até defendiam essas atitudes. E dpois, volta e meia, colocam em cima da mesa o Katsouranis porque partiu o peronio ao maravilha do Andersson (onde é que ele anda?) depois de ter tocado primeiro na bola e so dps na canela do portista sem ter sido uma jogada violenta. Mas há que realçar a garra do Andersson: com o peronio partido, conseguiu andar a saltar e pular no fim do jogo a festejar a vitoria. Que é que se pode dizer mais? Q o Katsouranis foi o unico jogador do mundo castigado com sumarissimo porque fez um maguito a um colega de equipa? Isso ja nao interessa. Mas sabes o q interessa e é importante? É que se fosse no teu clube, não se tinha passado nada. No Benfica, ele e o Luisao foram imediatamente retirados do campo com 2 substituiçoes na propria altura. Que diferença de cultura, já viste?

    Em relaçao ao Javi e ao teu cometario, é mesmo como o T disse. O espanhol teve muito mal no lance, pois agrediu o adversario. N tinha nd q fazer aquilo e, como tal, foi e bem suspenso. Fui dos MUITOS que tb estive contra o SLB ter recorrido. Tão diferente esta maneira de olhar para o assunto, não é?

    Não venhas com os falsos moralistas porque mesmo se fosse o caso, sempre eram mais nobres do que os que não tem um pingo de moralidade. Daí nem sequer teres tocado no ponto do recurso do teu clube se basear na anticonstitucionalidade de uma lei que foi apresentada por ele mesmo. É que não há por onde pegar mesmo.

    A reduçao do castigo do CJ é baseado no facto de equiparar um steward a um adepto. Porreiro. Ficamos a saber que para o CJ (o mesmo que queria anular o castigo do Pinto da Costa pelas escutas e que vos salvou da humilhação na UEFA à ultima da hora), um ARD apesar de nas suas funçoes se incluirem segurança no relvado e zonas de acesso restrito a jogadores, treinadores e afins, estao mais proximos de ser adeptos do que propriamente intervenientes do jogo. Ha uns anos, um bombeiro era interveniente do jogo e foi por isso q o Fernando Mendes foi castigado (13 meses depois do facto consumado, ja o gajo estava no Belenenses...). O JVP teve uma situaçao qq com outro interveniente do jogo equiparado e o castigo demorou 2 meses a sair (ainda estava, como é obvio, no SLB). Mas agora está tudo virado do avesso. O engraçado é que no artigo que define quem sao intervenientes do jogo, estão lá "assistentes de campo". E pronto. O que interessa é andar a brincar com esta merda e a safar aqueles que deviam ate ser castigados pelo proprio clube se houvesse um pingo da tal moralidade que tu invocas mas claramente demonstras desconhecer.

    ResponderEliminar
  11. Devia ser possível ver um pouco além do fanatismo. Infelizmente isso pouco acontece.
    A única coisa que devia interessar quando se verifica qual das decisões é justa é:
    Um Steward deve ser considerado (e estou a citar o regulamento disciplinar em vigor:

    a) Um "interveniente no jogo com direito de acesso ou permanência no recinto desportivo". (para além de a definição de agente desportivo no artigo 1º incluir "todos os sujeitos que participem nas competições profissionais organizadas pela Liga ou que desenvolvam actividade, desempenhem funções ou exerçam cargos no âmbito dessas competições.")

    b) Público.

    O que lhe parece, C.?

    ResponderEliminar
  12. E já agora, permito-me acrescentar que havia uma forma de o Hulk, o Sapunaru ou o Vandinho (cujo castigo não foi reduzido, é que considerar um treinador como "público", ou "outro jogador", já tinha sido um bocado demais) terem evitado os castigos: era não terem agredido.

    ResponderEliminar
  13. E ainda, que nós podemos não estar de acordo com qualquer lei, por exemplo com o regulamento disciplinar em vigor (e de facto há lá coisas espantosas, quanto mais não seja o de considerar uma agressão a um espectador, que devia ser punida exemplarmente, tão grave como a um jogador). Outra coisa muito diferente é a de ser função dos orgãos de justiça aplicar as leis que estão em vigor.

    Quem fala de injustiça nestes castigos defende o indefensável. Portanto, afinal qual orgão, CD ou CJ, é que está ao serviço de quem?

    ResponderEliminar
  14. C. continua a escrever porque afinal de contas só os teus posts são dignos de pseudo intelectuais que muito entendem de futebol e cultura da mesma... Acho tambem bastante piada como é que se importam tanto com os assuntos que tu abordas, que sao sempre relacionados com o teu clube, qdo os posts relativos com o clube dos outros, em que tb têm o msm numero de textos publicados nao tem direito de comentarios...

    Eu se fosse ao outro bloguista ficaria bastante aborrecido... lol

    ResponderEliminar
  15. Ao anónimo anterior: qual é o seu argumento para a questão em assunto, para além de querer ganhar ao número de comentários nos posts? Se calhar a explicação mais lógica para isso é que a C. é portista e a maior parte dos leitores do blogue benfiquistas, não lhe parece?

    Eu argumentei com a C. porque ela utiliza argumentos. Embora maus, são argumentos. De si não se pode dizer o mesmo. Assim entendo essa atordoada dos "pseudo-intelectuais". É a costumeira daqueles que não tem nada para dizer.

    ResponderEliminar
  16. Quem mete a sua opinião para o universo tem de se sujeitar a todas e quaisquer opinião , caso contrario, mais vale fechar. Sou da opinião que os clubes portugueses, os media e afins, dão mais importância ao que se passa fora do que o que se passa no campo, já repararão que é mais barato ir buscar 4 ou 5 brasileiros do que formar um jovem jogador?? não me digam que os alemaes, espanhois ingleses, holandeses, etc, têm melhores genes que os portugueses para jogar á bola? não acredito nisso, o problema do futebol portugues é que vivem para o resultado imediato e não a longo prazo, quem ganha com isso?? fica aqui a pergunta no ar.

    ResponderEliminar