sábado, 6 de março de 2010

Kit de sobrevivência sul africano

Queirós tem em mãos um problema muito sério. Não é só o facto de não ser bom treinador, não. É que sendo um fantoche nas mãos de quem é, arrisca-se a que grande parte dos adeptos da selecção portuguesa (grupo do qual estou à partida excluído) lhe volte costas. Não convocar qualquer atleta do SL Benfica será sempre visto como uma provocação. E é.

 

GK: Quim, Eduardo e Nuno. 
Quim, não sendo fantástico, é o melhor guarda redes português. Em forma é mediano, mas é o melhor na mesma. Eduardo e Patrício são herdeiros de Ricardo e Beto e Hilário nem sequer jogam nas suas equipas. E aqui se vê como Queirós foi colocado onde foi como afronta a Scolari e para fazer criar, na medida do possível, hostilidade ao Benfica (colocar em cima da mesa que o jogo decisivo com a Bósnia podia ser no Dragão é hostil). Quim nem tem entrado nas convocatórias e é o guarda redes menos batido da Liga Portuguesa. 
De resto, até podiam ir estes:
Defesas: Miguel (porque Bosingwa não pode ir), Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Pepe, Rolando, Duda, Paulo Ferreira
Médios: Raul Meireles, Tiago,  Rúben Micael, Deco, Pedro Mendes, Miguel Veloso
Avançados: Cristiano Ronaldo, Simão, Varela, Nani, Liedson, Hugo Almeida, Nuno Gomes

 

Como vêem, do Benfica, só coloco Nuno Gomes. Não por ser fã, que não sou, mas porque ainda está nos três melhores avançados portugueses. E porque, quer se queira quer não, tem uma experiência neste tipo de competições que se deve passar aos mais novos - sobretudo quando há uma mudança de geração. Talvez tenham reparado que não convocava o anão de alvalade. Acho estúpido gastar-se uma vaga com aqueles anões de jardim, mas isto sou eu.


Não acho que Portugal possa aspirar a grande coisa e passar o grupo seria o grande objectivo.
Falando agora daquilo que diz respeito a este blog: o Benfica - porto oculto que se está a jogar na selecção. O que eu queria mesmo era que Queirós não convocasse ninguém do Benfica. Ninguém. E que depois tudo corresse mal. Uma selecção sem Benfiquistas, treinada por um tipo que até à sessão de espiritismo do Pedroto foi, com o apoio daqueles que tanto criticaram Scolari, tem de perder. É inimiga do Benfica. E um falhanço dessa selecção (quanto mais retumbante, melhor) seria uma derrota política do clube que diz que as leis que propôs são inconstitucionais. E isso era mais um factor de descredibilização para aqueles que tanto atacaram a selecção portuguesa com melhores resultados. É isso que eu quero.

Sem comentários:

Enviar um comentário