quarta-feira, 19 de maio de 2010

Habemus Papam

Depois de uma semana de visita papal (e de aumento de impostos e redução dos salários... mas isso não interessa a ninguém), Pinto da Costa foi reeleito para o seu 12º mandato com 98% dos votos, sem enfrentar nenhum candidato.

Garantiu que, depois de 28 anos na presidência do FCP, está com “o mesmo entusiasmo” que tinha à partida. Mesmo depois de se ter tornado o dirigente desportivo com mais títulos conquistados do mundo.

Teremos, portanto, mais três anos de Pinto da Costa. Para nós, portistas, isso significa mais três anos de títulos. É que, caso não saibam, desde 1982, quando tomou pela primeira vez posse como presidente, até hoje, o FCP nunca passou uma época sem ganhar nada.

Às vezes nem reparamos, não é? Ganhar uma Supertaça e uma Taça de Portugal é uma má época, ser campeão do mundo foi um ano desastroso (2004/2005). Já nem sabemos dar valor. E penitencio-me por isso. Devíamos celebrar cada título como se fosse sempre o primeiro. Daí que o slogan para o 12º mandato não pudesse ter sido mais bem escolhido: “vencer”. Pura e simplesmente. Vencer.

No entanto, para os outros, os que têm como único objectivo de vida derrotar o Porto de Pinto da Costa, serão mais três anos de alucinações. Não tenho a mínima dúvida de que nos próximos três anos se vão acumular os dedicados apitos, os temíveis túneis, as ordens para calar o presidente do FCP. Mas, enfim, nada a que não estejamos habituados.

Também tenho a certeza que, nos próximos três anos, teremos novas tentativas de homicídio (lembram-se da famosa falsa notícia do Expresso?) e de descredibilização (as revistas adoram a namorada brasileira de 23 anos...) e muitos, muitos ataques a Pinto da Costa. Não falo só de pedras à ida para o Estoril, falo mesmo das palavras e acções mais ou menos dissimuladas daqueles que não conseguem dormir em paz enquanto este homem for presidente do Porto.

A esses, só digo: temos pena. Antes de vocês já muitos dedicaram a sua vida a esta causa e deram-se mal. Pelo que vos desejo o mesmo. A nós, que o queremos cá para sempre, apelo à memória de 28 anos a ganhar tudo e mais alguma coisa. Não se deixem cair em tentações.

4 comentários:

  1. ainda bem que te orgulhas muito da forma como andaste a "vencer" durante 28 anos.

    ResponderEliminar
  2. "Não tenho a mínima dúvida de que nos próximos três anos se vão acumular os dedicados apitos, os temíveis túneis, as ordens para calar o presidente do FCP. Mas, enfim, nada a que não estejamos habituados"

    Sim, nós sabemos que vocês estão habituados a isso! Mas não é de bom tom vir dizê-lo de forma pública! Assim até fica a parecer que são corruptos... mas bonzinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Tentativas de descredibilização? Acho que o Pintinho trata disso sozinho!

    ResponderEliminar
  4. O que é que é ser campeão do mundo? Tenho alguma dificuldade em alcançar o ano em que o conseguiram ser...

    ResponderEliminar