sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Quem é aquele novo Gerrard do Liverpool?

Esta semana, no ginásio (eu e o M. andamos a treinar para os Jogos Olímpicos de 2012), estive a ver o manchester-liverpool do último domingo. E que jogão! Se não o viram, tentem apanhar uma repetição porque vale mesmo a pena.

Afinal, a Premier League não está assim tão morta como o barcelona e o real madrid nos querem fazer crer. O ritmo continua a ser alucinante, os árbitros continuam a deixar jogar, os golos continuam a deixar-nos de boca aberta e os jogadores continuam a ser de topo.

Nani, por exemplo. Está feito um senhor. Não percebo como é que continuamos excitadíssimos com o Rónáldo a fazer uma época mediana no real com este rapaz a passar-se completamente em Inglaterra.

Mas a minha atenção foi, confesso, para um rapaz de cabelo rapado, cheio de tatuagens, que se mexe no meio-campo do liverpool quase como se o Gerrard tivesse voltado a ter 20 anos. Digo quase porque eu sou muito exigente, uma vez que para mim Gerrard já foi o melhor jogador do mundo sem que o próprio mundo o tenha notado.

Meireles (agora já não é Raúl) não teve, provavelmente, a despedida do Dragão que merecia. Deu-nos muito, é verdade, mas também se portou mal na última época e já se sabe como nós não sabemos perdoar estas coisas. O que não me impede, contudo, de ficar muito orgulhosa de o ver a ter tanto sucesso numa casa mítica.

Por isso, e com umas semanas de atraso, desejo-lhe a maior sorte do mundo e peço-lhe desculpa por este país que não tira os olhos do Rónáldo, do Mourinho e do Di Maria (que eu não sabia ser português).

Sem comentários:

Enviar um comentário