quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Mea culpa: o árbitro não errou. Foi só o fiscal-de-linha

André Villas-Boas já é o homem mais odiado de Portugal. O homem – aliás, o jovem – teve o descaramento de ganhar os jogos todos pelo Porto e de, quando empatou o primeiro, vir reclamar com um árbitro que, como se sabe, não tem clube acima de Santarém.

Obviamente que estava errado, eu percebi-o logo porque nem eu tinha pedido aquele penalty (e quando nem eu o vejo...). Mas só estava errado no conteúdo. Há um fora-de-jogo escandalosamente mal tirado ao Falcao, que seguia isolado para a baliza, e, apesar das imagens prontamente divulgadas do não penalty do Alex, alguém se esqueceu de mostrar a imagem do passe para o golo do guimarães (é que o mocinho pode vir lá do Egipto onde se corre muito, mas pelo menos na dúvida do fora-de-jogo ficámos...).

O M. está sempre a gozar-me porque eu sei nomes de fiscais-de-linha, bandeirinhas, vulgos liners. Como se fosse possível a algum portista não saber quem é o Bertino Miranda. Alberto Braga, por exemplo, é outro nome a reter. E ainda tenho de ir ver quem foi aquele génio que tirou um fora-de-jogo ao braga que deixava o Alan sozinho para o Roberto...

Mas, deixando de parte o conteúdo (porque o Porto podia e devia ter ganho aquele jogo mesmo contra eles todos), vamos à forma. A estratégia de Villas-Boas resultou na perfeição: durante a semana ninguém perguntou porque não foi o Porto atrás do segundo golo para segurar o resultado, ninguém questionou se as substituições foram bem feitas. Só se falou no imbecil do treinador do Porto que foi expulso sem ter razão.

Se resulta ou não resulta? Não sei, vamos ver. Eu, sinceramente, adoro ver os blogs, os facebooks, os twitters dos outros por estes dias. Villas-Boas está em todos, com um alvo bem apontado. É bom sinal, é porque está a fazer bem o trabalho dele. Eu, por exemplo, nem penso no Jesus (-7) ou no Paulo Sérgio (-1000). Com muita pena minha.

3 comentários:

  1. C,

    A perda de pontos do Porto já era mais do merecida e expectável. Da forma como o Porto entrou no campeonato deveria ter acontecido até mais cedo (a defesa tem mais buracos que um queijo suiço) pois o Porto tem vindo a melhorar com o passar dos jogos (excepção feita a este de Guimarães).

    Em Guimarães faltou humildade, mas também basta olhar para o banco onde temos um aprendiz da arte da Auto-Confiança, mas que neste momento é aquilo que os ingleses chama de "arrogant prick".

    ResponderEliminar
  2. o arbitro errou sim,num penalty que nao marcou sobre o edgar que dava a expulsao do chines mais cedo.. eu tambem ando a reparar em alguns fiscais de linha,principalmente aquele que marcou penalty na figueiRA e o que nao viu 2 seguidos do alvaro pereira em vila do conde,rolnado na choupana,enfim... quem é corrupto ha-de ser sempre. vamos la var é se conseguem ganhar o campeonato a jogar sempre com mais 3.

    ResponderEliminar
  3. Cat, o Fazoui ou o raio que parta o nome esquisito está em jogo. E não falas do penalty sobre o Edgar transformado em falta ofensiva :-)

    http://img256.imageshack.us/img256/6557/duvidasg.jpg

    ResponderEliminar