segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Descubra as diferenças

Às vezes dou por mim confundida. Por um lado, a minha sanidade mental mostra-me uma coisa, mas, por outro, os jornais mostram-me exactamente o contrário. E eu sei que a minha sanidade deve sempre prevalecer, mas às vezes tenho mesmo de fazer este tipo de exercícios para continuar convencida disso. Proponho, então, compararmos esta com a última época para vermos quem é que está maluco aqui.

Em 2009/2010, 19ª jornada: braga 48 pontos, benfica 46, Porto 40

Em 2010/2011, 19ª jornada: Porto 56 pontos, benfica 45, sportem 33

Há um ano atrás, o braga ia em primeiro com menos 8 pontos do que os actuais do FCP. De quem se falava mais? Quem era a equipa maravilha? Nos dois anos, o mesmo: o segundo classificado. Mudou, entretanto, a perspectiva: se em 2009/2010 os 6 pontos de vantagem do benfica para o Porto eram suficientes para estar toda a gente descansada, em 2010/2011 o Porto anda sempre a tremer porque só tem 11.

Em 2009/2010, 19ª jornada: o braga tem 15 vitórias, 3 empates e 1 derrota. O benfica tem 14 vitórias, 4 empates e 1 derrota.

Em 2010/2011, 19ª jornada: o Porto tem 18 vitórias, 2 empates e ZERO derrotas. O benfica tem 15 vitórias, 0 empates e 4 derrotas.

O Porto de 2010/2011 tem mais três vitórias que o melhor braga de sempre e mais quatro do que a equipa maravilha de 2009/2010. E nunca perdeu. Mesmo assim, não tem “o brilho”, “a chama” e outros substantivos tão ou mais inócuos do que estes do que tinha a equipa maravilha do ano passado, que, volto a recordar, ia em segundo nesta altura.

Em 2009/2010, 19ª jornada: o braga tem 29 golos marcados e 8 sofridos. O benfica tem 49 golos marcados e 11 sofridos.

Em 2010/2011, 19ª jornada: o Porto tem 46 golos marcados e 7 sofridos. O benfica tem 40 golos marcados e 16 sofridos.

O FCP deste ano tem menos 3 golos do que o super-hiper-mega “rolo compressor” da época passada. No entanto, a ausência de Falcao é notória e está sempre a deixar os senhores comentadores preocupados com o ataque do Porto. O FCP deste ano tem também menos 4 golos sofridos, o que lhe dá um melhor goal average. No entanto, não vamos sequer comparar o David Luiz e o Coentrão de 2009/2010 com o Otamendi e o Álvaro Pereira de 2010/2011. Nesta época, o primeiro classificado tem mais 6 golos marcados e menos 9 sofridos que o segundo. Mas, mais uma vez, quem está em alta não é quem vai à frente.

Numa destas épocas, houve túneis, relatórios do “pode ser o João” e outras coisas desta estirpe, mas eu cingi-me aos números. Porque, apesar de ser uma menina de Letras, sempre adorei fundamentar-me na Matemática para que, desta forma, não seja possível cada um entender as coisas à sua maneira.

Já não quero saber quem ocupa mais primeiras páginas, já nem me importo que venham dizer que o braga foi "muito macio" (in A Bola) e até pareça que o guimarães fez um grande jogo, já nem me preocupa que o Porto não possa perder na luz para surgir a histeria. Fico-me pelos números.

«Era um jogo complicado. Se havia jogo em que esperava que o F.C. Porto perdesse, era este» (Coentrão)

4 comentários:

  1. Essas contas estão erradas. Para destacar o facto evidente de o Porto de 2010/11 ter mais pontos do que o Benfica de 2009/10 era escusado ignorar o facto de os números que apresentas se referirem a 20 jogos do Porto (tem um jogo a mais, remember...) contra 19 do Benfica. Quanto ao goal-average, isso ia colocar as duas equipas no mesmo patamar.
    Além de que é escusado entrar nas habituais teorias da conspiração portistas com a comunicação social: o que se tem dito, e bem, é que o Benfica é a equipa que está a jogar melhor neste momento, como se disse, na primeira fase da época, que era o Porto. Sim, o Benfica vende mais jornais por isso faz mais capas, mas isso vale para os dois lados: se quando está bem, é tratado como o melhor do mundo, quando está menos bem, é o caos e a crise e mais o quê.
    A diferença é precisamente o facto de o Benfica na sua fase má ter perdido pontos, e o Porto continuar a ganhar jogos mesmo jogando menos bem... E por isso, talvez venha a ser um campeão com justiça este ano, já que uma das coisas que faz um campeão é ganhar quando joga mal (aconteceu isso, também, com o Benfica o ano passado).

    ResponderEliminar
  2. O grande problema é que vocês não passam sem nos :)
    O vosso treinador, provavelmente com a vitoria do fim de semana sentenciou o campeonato e em vez de falar disso queixa-se da falta de atenção e ataca de uma forma absurda a unica equipa que lhes pode dar prestegio por serem campeões pois perante um grande BENFICA o fcp sem nota artistica (mas com outras ajudas...Lol) está a frente e vai ser o campeão.
    Acontece :) tal como aconteceu com o Inter de Mourinho ganhou tudo mas a grande equipa de 2010 foi o BARCELONA

    Viva o Benfica!!!

    ResponderEliminar
  3. @ RSA

    provavelmente não terá escutado toda a conferência de imprensa e limitou-se a "beber" o que a Comunicação Social lhe "vendeu".
    o tópico "JJ e o 5lb" foi uma das partes daquela Conferência de Imprensa, onde o «miúdo» André Villas-Boas se limitou a responder às provocações do «catedrático».

    acho uma piada aos benfiquistas neste aspecto: se é o seu treinador a enxovalhar os colegas de profissão aplaudem sem fim; se são os ofendidos a reagirem, "aqui d'el Rei que não pode ser! é um ultraje!"

    a verdade é só uma: a dos factos apresentados no post. quem (in)tentar descortinar algo mais para além deles, "esquece-se" dos Túneis e do «fazer as coisas por outro lado».

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

    Miguel | Tomo I

    ResponderEliminar
  4. Porque é que só se fala do Benfica ?

    Só seguem o exemplo...

    http://www.youtube.com/watch?v=Y8AcDU8k-FI

    ResponderEliminar