quarta-feira, 15 de junho de 2011

Parabéns, avó

A minha avó é a melhor pessoa do mundo. Eu sei que toda a gente diz isto dos seus avós, pais, irmãos e etc. Mas normalmente só o dizem até conhecerem a minha avó. E, sendo a minha avó a melhor pessoa do mundo, é natural que eu aproveite o seu exemplo. Porque, afinal de contas, nem toda a gente conhece a melhor pessoa do mundo.

A minha avó também me serviu de exemplo no futebol, claro, porque é a maior portista do mundo. Às vezes também tem a mania de dizer que é do Leixões, porque nasceu por lá, mas rapidamente lhe passa quando o jogo é contra o FCP.

A minha avó é tão portista que conseguiu criar uma família inteira e não sair ninguém ao lado. Todas as crianças que passaram por aqueles braços são hoje portistas. Não sei o que é que ela lhes fez, nem quero saber. Resultou. E os meus filhos hão-de passar por lá também, pelo sim, pelo não.

A minha avó é tão portista que, tal como o Pinto da Costa, não conhece os adversários. Luís Filipe Vieira, por exemplo. Sempre que o senhor aparece na televisão, a minha avó muda de canal. Portanto, não o conhece, não sabe o que pensa, não ouve o que diz. Basicamente, não se incomoda com ele. Um exemplo a seguir, portanto.

A minha avó é tão portista que em cima do móvel onde cabem as fotos de toda a família tem de estar um peluche do FC Porto. Portanto, acima de todos nós. Porque os netos são muito lindos e tal, mas não lhe deram tantas alegrias como o clube (menos eu, que sempre fui a mais certinha, claro!).

A minha avó é tão portista que, no fundo, tem pena do M. ser do benfica. Não o goza, não lhe manda bocas, nada. Só tem mesmo pena. Que é, na minha opinião, a maneira mais brilhante de se tratar um adversário.

A minha avó é daquele tempo em que ser do Porto era uma coisa má. O clube não ganhava, passava a ponte e estava derrotado e estava muito longe de alcançar os rivais lisboetas. Por isso, hoje, nem quero imaginar como deve estar orgulhosa de ver o FCP com mais títulos do que o maior clube do mundo e arredores. Aposto que é quase tanto como eu dela, que é a melhor pessoa do mundo e faz hoje 75 anos.

Parabéns, avó!

Da neta preferida, mais linda, mais fantástica e mais portista (a única, também).

Sem comentários:

Enviar um comentário