segunda-feira, 11 de julho de 2011

Dirigir é prever

Bastava alguém na estrutura do SL Benfica ter seguido minimamente a selecção portuguesa no Mundial 2010 (que é como diz, olhar de 15 em 15 minutos para o ecrã) para que ficasse claro que Coentrão não ia estar muito mais tempo no Benfica. E, para os mais distraídos do Mundial, bastava ter visto o Benfica - Lyon.
E escrevo isto porquê? É que ontem tive a triste ideia de olhar para o ecrã durante o Benfica - Servette o tempo suficiente para descobrir que o esteio da nossa defesa é o Miguel Vítor, que tinha pela frente, além da linha avançada suiça, o Jardel, o André Almeida e o Fábio Faria. O arrepio atravessou-me a espinha quando me lembrei de ter lido algures em Maio 2011 (um mês que está brutalmente enevoado na minha memória futebolística) que nos podia calhar o Panathinaikos na pré - eliminatória da Champions. E, assim de repente, não me está a apetecer ver o Jesualdo a rir-se de nós e deste quarteto defensivo.


Mas, pelos vistos, já é bom que alguém na estrutura benfiquista saiba - nem que seja pelos jornais - que há uma pré - eliminatória. Ou se calhar são tantos dirigentes ocupados a fixar as datas que nenhum se lembrou que o Coentrão foi vendido e que falta um defesa esquerdo.
É que já nos estou a ver a lamentarmos o 2º golo do Gil Vicente, marcado por um brasileiro qualquer, depois de ultrapassar em velocidade o César Peixoto, e a dizer "ah, que azar ainda não termos ninguém para aquele lugar!".

E, depois, quando chegar um à 5ª jornada e chegar um defesa esquerdo, lamentarmos já termos 7 pontos de atraso para o fóculporto antes de irmos ao Dragão. "Ah, se este gajo tem chegado antes íamos lá em força...". 
Mas isto de prever é muito complicado, afinal o Benfica já comprou:
- Bruno César (nr. 10, mas para jogar a ala esquerdo, porque resultou bem com o Gaitan)
- Enzo Perez (ala direito)
- Nolito (ala direito/esquerdo)
- Nuno Coelho (quem?)
- Matic (trinco)
- Artur (guarda redes que não custou 8,5 milhões)
- Garay (defesa central)
- Wass (defesa direito)
- Mora (avançado)
- Além dos regressos de Rodrigo-6-milhões-para-depois-emprestarmos-e-não-termos-dinheiro-para-um-substituto-do-Ramires, David Simão, Miguel Vítor e Nélson Oliveira.
Ou seja, só com os reforços dava para a seguinte equipa: Artur; Wass, MVitor, Garay; Matic; Nolito, Bruno César, Enzo Perez, Mora e Rodrigo. Epá, espera aí, falta... UM DEFESA ESQUERDO.
Mas, caramba, quem é que podia adivinhar que o Coentrão ia sair? Quem é que pode prever que o governo PSD/CDS não vai aumentar os ordenados? Quem é que pode prever que depois de 31 de Dezembro de 2011 começa o ano de 2012? Quem, no seu perfeito juízo, achava mesmo que seria bom precaver um substituto para a saída de Coentrão que A Bola só anunciou 875439 vezes? "Eu só comecei a achar que era verdade ao 173º telefonema de negociação com o Florentino Perez" - poderá argumentar Vieira.


É que num clube minimamente preparado, este diálogo tinha-se dado algures em 2010/2011.
Rui Costa - "O Coentrão vai sair no final da época."
LFV - "A sério?"
Jorge Jesus - "Epá, partantos, temos dir buscar um defesa esquerde do Criciúma que eu vi na última madrugada."
Rui Costa - "Não, porque o Manel do laemcasamandoeu.blogspot.com está farto que tu gastes dinheiro em gajos como o Filipe Menezes, o Kardec e o Éder Luís, portanto vamos tentar ir buscar um lateral esquerdo alto, que defenda bem, como o Ansaldi."
LFV e JJ em coro - "Ok, esse gajo é capaz de ter razão."

E pronto, era assim. Mas não, no Benfica é normal que a defesa titular chegue a tempo de jogar a Liga Europa e que esteja entrosada lá para a 9ª jornada, que é quando nós iniciamos aquelas recuperações fenomenais de 3 dos 11 pontos que nos separavam dos azuis.
Por exemplo, os azuis já compraram o Kleber porque sabem que o Falcao, mais tarde ou mais cedo, vai ser vendido. Não é preciso uma bola de cristal nem ser o Luís Freitas Lobo. Já no Benfica, tudo parece apanhar a "estrutura" de surpresa. Pelos vistos ninguém esperava a venda de Coentrão. Ou, pior, alguém viu em Fábio Faria uma grande aposta.
Isto põe-me, vá, um bocado irritado. E foi assim que eu saí do meu Benfiquismo curarizado: com uma put@ de uma irritação que vou-vos contar. É que está tudo exactamente na mesma, não se aprendeu rigorosamente nada com o facto de termos comprado Karagounis e Miccoli com 5 pontos de atraso, com a venda do Simão em cima do joelho, e com a venda do Ramires que poderá ter, lá para 2016 um substituto para o mesmo lugar.
E pronto, está tudo montado para perdermos mais um campeonato para o porto nas primeiras 10 jornadas. Acho que para o ramalhete ficar completo só falta mesmo venderem o Cardozo.

4 comentários:

  1. Amigo M,
    Acho que esta é a 1ª pré-temporada em que nós, os doentes, não acreditamos minimamente no arranque de temporada.
    O final da epoca passada, deixou bastantes sequelas... e ver este (falta de) planeamento, deixa-nos completamente sem grandes esperanças do milagre de jesus.

    Aquele abraço
    GS

    ResponderEliminar
  2. Olha que a venda do Cardozo não era coisa que me desagradasse...(ele é aquele que eu escolhi desde à 3 anos para ser o culpado de tudo):)

    Tiago

    ResponderEliminar
  3. Eu parece que ja estou a ver os aliados outra vez em festa... custa tanto esta incompetencia.

    ResponderEliminar
  4. O Nuno Coelho é um belíssimo jogador para ter no plantel. É um médio muito bom para ter no plantel. Claro que com as restantes contratações ficou sem espaço quase nenhum mas tem uma qualidade que 80% dos reforços que vieram nos últimos anos para o Benfica não têm.

    ResponderEliminar