terça-feira, 11 de outubro de 2011

Allez Custóias, allez

Não é qualquer clube que consegue ser manchete do «Correio da Manhã». Entre tantos pedófilos apresentadores de televisão, criminosos que matam a mãe, espancam a mulher e violam os filhos e grandes falcatruas de políticos, chega a ser uma honra estar entre tão ilustres companhias.

Infelizmente, é raro ver sequer o meu clube na capa. A não ser que perca, o FC Porto não costuma reunir os requisitos necessários para ser notícia neste jornal de referência. Em sentido contrário, há uma certa equipa que veste de vermelho (e às vezes de cor-de-rosa) que normalmente consegue um destaque ou outro graças a factos tão importantes para o nosso país como «SAVIOLA MARCA TRÊS NO TREINO», «GAITAN TEM UMA NAMORADA MUITA BOA» ou «ARTUR NÃO VIVE EM CIMA DE UMA CASA DE FRANGOS COMO ROBERTO».

Já Pinto da Costa pode orgulhar-se de ser várias vezes chamado à primeira página. Ou porque anda a comer uma brasileira de 24 anos, ou porque está noivo, casado e divorciado ao mesmo tempo, ou porque tem como «acompanhante de luxo» uma concorrente da Casa dos Segredos. Desta vez, no entanto, não é ele a notícia.

Hulk, Sapunaru, Helton, Fucile e Rodriguez foram acusados pelo Ministério Público pelo crime de ofensa à integridade física, devido aos famosos incidentes do túnel. Este crime pode ser punido com pena de prisão até três anos ou multa. Isto depois de passar a fase de instrução, se for a julgamento e se o juiz os condenar. O que, em linguagem «correio da manhês», quer dizer que já deviam estar atrás das grades, a apanhar sabonetes no chuveiro e, se possível, que cada dia lá dentro dê três pontos ao benfica.

Atenção: acho muito bem que os jornalistas acompanhem estes casos e até compreendo que a noticiabilidade disto justifique o destaque num jornal como este. Já não compreendo tão bem a obsessão do Ministério Público por casos já julgados pela justiça desportiva. Desta vez, ainda não tivemos direito a uma equipa especial, com os mais dignos magistrados totalmente dedicados a isto, a canalizar milhares de euros, a deixar de lado investigações menores como primeiros-ministros que financiam outlets por favores. Mas acredito que as equipas das outras prisões já estejam a tremer. A fiar-nos na vontade desta gente, para o ano Custóias terá uma equipa do caraças.

Sem comentários:

Enviar um comentário