sábado, 3 de março de 2012

Mister, esta é toda sua

Quando eu era pequenina dizia que o treinador do FCPorto era o Pinto da Costa. Imagino que os adultos me tenham gozado em surdina, mas no fundo eu não andava assim tão longe da verdade. E suponho que a génese da tradição azul e branca de ingratidão com os treinadores tenha alguma coisa a ver com isto. Com um presidente tão bom, é difícil apreciar o gajo que se segue.

Bobby Robson, António Oliveira, Fernando Santos, José Mourinho, Co Adriaanse, Jesualdo Ferreira e André Villas Boas. Todos eles treinadores campeões, todos eles com histórias para contar neste capítulo.

O outrora chamado Tribunal das Antas é tramado. Nunca vi um treinador a chegar ao Porto sem provocar desconfianças, interrogações e dúvidas. Mesmo com vitórias - e foram muitas, não sei se sabem -, foram insultados, assobiados, alguns até agredidos. É um fenómeno difícil de explicar.

Se por um lado até um elefante cor-de-rosa era campeão a treinar o Porto, por outro começo a achar que é das profissões mais ingratas do mundo. E Vítor Pereira não foge à regra, claro.

Tenho passado a época a aturar-vos, a vocês, “portistas” que torcem contra o Porto para dizerem que têm razão. E está na hora de me vingar. É que a vitória de ontem deveu-se muito a este homem e vocês não têm tanto direito como eu de a festejar.

Vítor Pereira não é o melhor treinador do mundo, não fala com postura à Porto e não vai de certeza ganhar tudo esta época. Mas ontem, no sítio do costume, deu uma lição ao outro, ao melhor do mundo e arredores, ao que acha que dar 5 ou 6 às equipas pequenas e ter medo de nós é que é ser bom, o que dizia que a pressão estava do nosso lado.

Liguem as colunas e continuem comigo. Depois da lição do treinador, vou agora ensinar-vos uma coisa sobre arbitragem. Nisto do futebol, resumidamente, os factos pouco contam. Os pontos ficam dados de qualquer das maneiras e só a memória dos adeptos ficará para a história. É por isso que estão a tentar que o jogo de ontem fique marcado pelo fora-de-jogo evidente do Maicon no terceiro golo.

O FCPorto foi melhor, foi um grande clássico, com grandes golos, mas aquele fora-de-jogo é que abre os telejornais. Muitos vão argumentar que o campeonato acabou ali, mas eu ainda me lembro de como começou. (ligar modo ironia) Um lance que, aliás, mereceu exactamente o mesmo destaque nos jornais e que ocorreu num estádio bem mais decisivo para a tabela do que o de ontem.

A nossa tarefa agora, camaradas, é não deixar que os nossos filhos um dia ouçam que o campeonato 2011/2012 se decidiu neste fora-de-jogo.

http://www.youtube.com/watch?v=MkEJDy9rEpg

Até porque nada está ganho. Foram só 3 pontos e 3 pontos que já vinham do ano passado, não acrescentam nada agora. Faltam muitos jogos e conhecemos as nossas dificuldades, pelo que este ano, ao contrário do habitual, não houve campeão na luz. Houve, isso sim, muita festa de adeptos que cada vez mais são um exemplo fora e um terror em casa.

A partir de ontem, aconselharei toda a gente a voltarem sempre a um lugar onde foram felizes. E a próxima é já este mês. Espero que a loira não falhe outro vaticínio.


4 comentários:

  1. e se o teu filho um dia ouvir falar que o resultado se decidiu num fora de jogo??o que vais dizer? que pouco interessa não é? são uns atras dos outros vocês ja estao habituadissimos a isso, é normal aí para esses lados!!
    se um dia o meu filho ouvisse que o SLB tinha ganho um campeonato com um lance irregular eu dizia lhe que tinha vergonha daquele 1º lugar.
    Digo muitas vezes prefiro ser campeão de 5 em 5 anos e ganhar com merito, sem "proençadas", trabalho, luta e ddedicação, do que com frutinhas, viagens ao brasil, dinheiro sujo etc etc.
    Mas vocês nunca saberão o que isso é, são muitos anos a ganhar porcamente!!

    ResponderEliminar
  2. estimado lampião .. 3 conselhos... 1- hallibute para esse rabiosque ainda em sangue 2 - benuron para o melão e 3 - nunca demais sempre uma carteirinha de rennie no bolso para problemas de dificil digestão... xD 5 jogos decisivos empatam 1 perdem 3 e atenção.. medo!! vem ai o bruno alves outra vez... xD e a culpa é toda do maicon... xD

    ResponderEliminar
  3. @ CP

    « ganhar com mérito «?!

    para avivar a memória:

    2009/2010 - campeonato dos túneis (Luz, Axa, Olhão)
    2004/2005 - estorilgate

    escrever sobre «ffrutinhas» e outros quejandos é esquecer como se ganham campeonatos «porcamente» à custa do "petróleo" de Angola, ou do "pó" nos pneus: ele há para todos os gostos.
    e que o que (vos) safa é que há sempre um João «pode ser o João» Ferreira para desempatar, certo? certo!

    ResponderEliminar
  4. Caro CP

    Vergonhoso é nos ultimos 15 anos ver o vosso rival ter 10 vezes mais campeonatos que voces. é ve lo levantar champions league (nem que voces vivam 550 anos irao sentir o que senti naquele 26 de maio de 2004), Taças Uefas, Supertaças, Taças de Portugal... é ir ao estrangeiro ter com amigos e puder falar de futebol, de dizer "eu estive la a ver o meu clube a ganhar" e voces? Aplicam sempre aquela " Portugal ganhou á inglaterra" ja que o meu clube nao ganha nada fala se da seleçao...
    Vergonhoso é ano apos ano ser candidato ao titulo so ate ao Natal, e passar a 2º metade da epoca a chorar por arbitragens...
    Vergonhoso é ganhar campeonatos como voces ganharam ultimamente, alias, corrijo, voces nao ganharam, o Porto é que os perdeu pq mesmo num ano mau, discutimos sempre ate ao fim.
    Vergonhoso é nos ultimos 15 anos terem tantas taças de portugal como o Boavista...

    ResponderEliminar