segunda-feira, 30 de abril de 2012

Conto infantil

Era uma vez três meninos chamados Porto, benfica e sportem. O Porto, o benfica e o sportem eram muito diferentes, mas tinham uma coisa em comum: adoravam futebol. Sabiam tudo, idolatravam jogadores, sofriam nos dias maus e celebravam os dias bons. Aos 5 anos, já tinham muitas histórias para contar.

O Porto era esperto. Gostava de ganhar. Pior – ou melhor -, exigia ganhar. Ia ao Dragão com alegria, mas ao primeiro passe falhado assobiava o Hulk. Ficava contente quando era campeão, mas também não passava a noite toda a festejar. Estava habituado. Aos 5 anos, já tinha sido campeão quatro vezes.

O benfica era crente. Tinham-lhe dito que era do maior clube do mundo. Passava o ano feliz, tinha uma fotografia com a águia vitória no quarto e acreditava que estava tudo a correr bem, mesmo quando o Porto lhe roubava os brinquedos todos no infantário. Pensando bem, sentia-se enganado. Aos 5 anos, tinha sido campeão uma vez, e com ajuda da professora.

O sportem era maluquinho. Não gostava de brincar com os outros e continuava a dizer que era de um dos três grandes. Quando perdia (e isso acontecia quase sempre), ia para alvalade celebrar e ninguém tinha coragem de lhe dizer que aquilo não era normal. Era feliz assim. Aos 5 anos, nem sequer imaginava o que era ser campeão.

Escusado será dizer quem é que foi feliz para sempre.

Às vezes tenho inveja das crianças por verem o futebol de forma tão pura. Ontem, ao ver as imagens do meu clube BICAMPEÃO, perguntaram a um menino de cerca de 5 anos se ele gostava de ir ali aos Aliados. Ele respondeu “já tinha vindo aqui festejar”, com ar de quem achava a jornalista estúpida por não perceber logo que um portista daquela idade passava a vida ali. Sorria imenso e o pai, ao lado, fez questão de sublinhar com orgulho que o filho era uma jovem promessa do Dragon Force. Não sei se será, mas de uma coisa tenho a certeza: aquele pequenote vai ser muito feliz.

Mas as imagens que me ficaram na cabeça foram daquele miúdo, mais velho, em Vila do Conde. Equipado a rigor, todo de vermelho, chorava baba e ranho. O pai, ao lado, batia-lhe nas costas, como quem diz “vai-te habituando que isto é sempre assim”. Tive mesmo pena. O futebol devia ser uma alegria, pelo menos para as crianças. Não sei o nome do rapaz, mas espero que ainda vá a tempo de mudar para o lado dos bons.

Eu, aos 25 anos, já não vejo o futebol de forma tão pura. Sofro muito, quero mais ganhar do que ver coisas bonitas e já só penso que nunca mais é sábado para ir celebrar com os meus. Festejei ontem o meu 17º campeonato. Falta-me um para alcançar o verdadeiro sportem, que tem mais 81 anos do que eu.

23 comentários:

  1. Há os que ganham ... e ficam a olhar para o umbigo, nós... já só queremos mais um...TRI!

    ResponderEliminar
  2. Eu que sou uma gaja que não gosto de perder nem a feijões, todos os dias agradeço por meu avô desde muito pequena ter ensinado a mar este clube que só me dá alegrias. FCP é o maior!!

    ResponderEliminar
  3. Pois é C.,o teu clube é só ganhar,eu sou como o M.,o meu Benfica é o do Paneira,do Isaias,do Mozer,enfim...no domingo foi uma facada em mim,ver o teu clube aproximar-se mais ainda do meu em campeonatos.9 de Maio de 2010 parece já ter sido á 50 anos,o dia em que o Glorioso tocou o céu,o dia em que eu pensava que tinha começado uma nova era do futebol portugues.Mas,infelizmente,voltamos a cometer os mesmos erros,com um treinador que não consegue recolhecer os seus erros,tal como eu reconheco os seus méritos.Tenho a mesma ideologia do M.,para mim primeiro o campeonato,segundo,o campeonato,terceiro,o campeonato!!!Bem,isto dava um grande texto,mas respondendo ao teu post,aquele miudo vai um dia perceber que até o maior clube do mundo não ganha sempre,que isto um dia(quando?!?!)vai mudar,que iremos ganhar 5 campeonatos seguidos e o Porto 1,que ir ao Marques vai ser tão banal como voçes vão para os Aliados.O meu filho,que tem 7 anos,quando me viu completamente petrificado em frente da televisão às 21 horas de domingo,apenas me disse"Estás triste pai,por o Porto ter ganho?Não te preocupes,para o ano ganhamos a gente!!!!" As palavras dele deram-me animo,a inocencia de que é só carregar num botão,e já está...o meu amor por o Benfica já está focado em agosto,quando a bola começar a rolar novamente.Para terminar,parabens por o vosso Blog,delicio-me a ler as vossas cronicas,são de um amor clubistico que não se encontra facilmente.Continuem,são uma companhia indespensavel para mim,parabens por o titulo C.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Nuno, dos dois. Bonitas palavras. Espero que o teu filho ainda se safe :)

      Eliminar
    2. Obrigado por terem lido o meu comentário!!!Já desde o inicio deste vosso blog que eu o acompanho na medida do possivel,sou um apaixonado por o futebol,desde que me lembro de ser gente que me vem á memoria as camisolas da fnac do meu Glorioso,das azuis e brancas da revigrés do Porto,do antigo estádio da Luz a rebentar por as costuras para assistir ao dia de glória do Rui Águas com os seus 3 golos ao teu clube,C.
      Também me recordo do Benfica-Porto de 96,com o Jardel a voar sobre um tal de Jorge Soares(como é possivel...)a parar no peito todo no ar,e a fuzilar o meu querido Michel...foram já muitos anos na Luz,na decada de 90 não falhei praticamente nenhum jogo para o campeonato,mas a vida mudou,o casamento,o filho,o trabalho,com tudo o que isso implica.Mas o meu amor por o S.L.B continua infinito como sempre,a sofrer,a chorar,a rir,a cantar,como se a minha vida dependesse de uma bola a entrar na baliza adversária(e depende mesmo!!!)
      Na escola gostava de ter seguido qualquer coisa parecida com jornalismo desportivo,mas a vontade de ganhar dinheiro levou-me a começar a trabalhar com 17 anos como serralheiro civil(uau...nada a ver!)onde hoje me mantenho,mas este fascinio por quem escreve sobre futebol como voçes sempre se manteve comigo.Dentro do possivel,vou tentar ir dando a minha opinião nos vossos posts,se voçes me permitirem,isto eu que nunca fui dado a estas coisas na internet.Um abraço e continuem...please!!!!

      Eliminar
  4. Ehehehe!!!
    Muito bom!!
    A do lagarto ir festejar a derrota e a do benfiquista ter sido campeão com a ajuda da professora estão muito boas.

    Tenho 28 anos e o sair à rua para festejar já não tem tanta piada, mas quando não se ganha 1 época, fica a faltar qualquer coisa e enquanto o titulo não estiver de volta fico é uma ansiedade tremenda.

    ResponderEliminar
  5. Texto pequenino e ficcionado. E pueril.
    Sim, é um conto. Sim, é muito infantil.
    No passado sábado também escrevi um conto à minha filha que tem -precisamente ! - 5 anos. Intitulei-o de "conto do vigário". Domingo alterei-o para "conto do olegário".
    Também ela se fartou de chorar.

    Arquiduque das Águias Livres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e porque não emendar o título para "as mulheres que amaram mr King"?
      ainda vai (muito) a tempo...
      mas acrescento que a sua filhota continuará a chorar (de vergonha)...

      Eliminar
    2. Extraordinário que o Mr.King em momento algum diz que recebeu alguma coisa do SLB. Já o Calheiros ou o Augusto Duarte que foi à casa na Madalena...enfim.... se não têm problemas de consciência festejem à vontade mas não entrem neste tipo de conversa. Tenham decoro, pelo menos isso.

      Eliminar
    3. Há títulos (e pessoas) que não têm emenda.
      Há contos que não acrescentam pontos, só tontos.

      Arquiduque das Águias Livres

      Eliminar
  6. Zé Manel Taxista!3 de maio de 2012 às 23:17

    "O Porto era esperto. Gostava de ganhar."...O Porto não é esperto, o Porto tem é a professora, o director, as empregadas de limpeza da escola e os contínuos na mão, a isso não se chama esperteza, chama-se corrupção - ou já se esqueceu com certeza que o seu belo clube para além do Boavista foi condenado por corrupção activa? na justiça portuguesa! Fosse Portugal um país decente e a senhora C. andava esta altura a ver os jogos do seu clube nas distritais onde deveria ter sido colocado o Perto por ter ficado provado em justiça que tentou corromper activamente um arbitro de futebol!

    Esse conto deveria chamar-se, Portugal esse belo país do compadrio, trafico de influencias e corrupção.

    Saudações Benfiquistas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zé Manel Taxista!3 de maio de 2012 às 23:35

      Antes que me responda ao tema "corrupção" no meu comentário com o link http://4.bp.blogspot.com/-2siISVRFXsQ/T6HKgBPianI/AAAAAAAACEE/JUWVTn-XjCM/s1600/mr-king.jpg já aqui postado, envio-lhe outro link com uma breve história do antigo tablóide britânico, News of the World http://pt.wikipedia.org/wiki/News_of_the_World_(jornal) "Por conta de vários escândalos, o tabloide foi fechado em julho de 2011" digamos que esse jornal não é um dono da verdade, pelo que essa reportagem sobre "possíveis presentes" do Benfica ou do Sporting, já que o Porto, claro, não o fazia, esse clube condenado por corrupção, nunca o faria, possa ter sido encomendada como muitas outras efectuadas pelo jornal.

      Eliminar
    2. o FC Porto nunca não foi condenado por corrupção; há aí um equívoco/vontade que tivesse sido...

      Eliminar
  7. pronto, pronto!
    vamos lá ter calma. que excitados que estão...

    e o que me dizem do teor desta notícia, então?
    será mais um conto "pueril"? e foi com ou sem "fruta"?

    note-se que se trata de um jornal de referência nacional, que não é tido por ser "tablóide", ok?
    pronto!

    ps:
    não resisto a transcrever o que afirmou o sr. King:
    «[uns anos mais tarde, Mr King regressa a Portugal para dirigir o Benfica - Sparta de Praga. Eis as suas afirmações:]
    "O valor dos presentes que me enviaram excedeu em muito o limite de 40 libras (cerca de 10 contos) a que estamos autorizados. Fui almoçar com o delegado da UEFA a esse encontro, que era simultaneamente o Presidente do Comité de Arbitragem da UEFA, que ao ver as prendas que eu recebera disse imediatamente: "Você está a colocar-se em situação dificil". Claro que concordei mas a arbitragem do dia seguinte não deu margem para reparos. Não lhe falei no entanto, na rapariga que esteve comigo na noite anterior. Ela não me pediu dinheiro e eu, como é natural, nada lhe ofereci »

    portantos:
    «decoro» (ou a falta dele...) é atirar pedras ao telhado do vizinho quando o nosso é feito de cristal...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zé Manel Taxista!4 de maio de 2012 às 01:18

      Então os 6 pontos que "desapareceram" da tabela classificativa da época 2003/2004 foi mero acaso? Por muito que vos custe foram condenados! Queres que coloque os links das dezenas de escutas com os "rebuçadinhos de dormir", da "fruta", que o teu presidente, fernando gomes e outros são apanhados? Tens uma escuta do LFV de uma nomeação que não veio a acontecer e depois temos telhados de vidro?

      http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/5f4b0a43f4bc115e718378.html

      Um dia tudo se saberá e aí veremos o vosso "pseudo" mérito desportivo!

      Eliminar
    2. pois claro.

      vós sois o (dito) clube «glorioso» - logo impoluto e sem quaisquer problemas com a Justiça, certo?

      queira aceitar as minhas desculpas.

      ps:
      uma pergunta breve: dos trÊs clubes lusos, (ditos) «grandes», qual o que tem como manha um seu ex-presidente condenado na Justiça por práticas indignas do cargo que exerceu?

      Eliminar
    3. esqueci de referir que não abordei, na minha resposta anterior, o vosso código de conduta desportiva com elevada Ética - como, por exemplo, comprar os direitos desportivos de um jogador de um clube rival na véspera de defrontar esse mesmo jogador (prática que acontece amiúde...)

      [se estou a misturar "alhos com bugalhos"? talvez... mas serve para o elucidar sobre a vossa conduta impoluta e sobre a vossa moral em abordar questões do foro da (vossa) "verdade desportiva"]

      mais uma vez:
      as minhas desculpas por importuná-lo com questões que em nada inferem o (dito) clube «glorioso» da Segunda Circular...

      Eliminar
    4. A decisão do Conselho de Disciplina da LPFP (de retirar os seis pontos) foi revogada pelo Conselho de Disciplina da FPF.

      Quanta confusão...
      E, como já se disse, vontade em que houvesse condenações por "corrupção".

      Kompensan, meus senhores. É tomar o Kompensan...

      Eliminar
  8. Eu, como pessoa de tenra idade que sou, não assisti aos jogos dos anos 80 e 90. Mesmo assim faz-me um pouco de comichão que ADEPTOS DE FUTEBOL digam que um clube como o Porto deveria jogar nas distritais por comprar árbitros. E isto de não ter visto os jogos dos anos 80 e 90 porquê?! Porque desde que o Porto é um grande clube, que ganha muitas competições, eu nunca vi num jogo do Porto uma arbitragem como esta(dos vossos tempos gloriosos):

    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=1178046

    Ps.: Se por acaso existir avisem-me, que a partir daí repenso o apoio ao meu clube, o amor esse continuará sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E sinceramente não me importo nada que os outros clubes só vejam corrupção no Porto, é da forma que não conseguem aprender!

      Eliminar
  9. Visitem o facebook de apoio a João Moutinho!
    www.facebook.com/joaomoutinhofans

    ResponderEliminar
  10. É verdade.Concordo.
    O FCP só ganha campeonatos por causa das arbitragens.
    O FCP só ganhou 3 títulos europeus no século XXI também por causa da corrupção.

    Que a maioria dos visitantes continue com as palas nos olhos que é para os números aumentarem: 71-69 (71-70 para alguns).

    ResponderEliminar
  11. Foi bonita a festa do menino porto. Teve direito a palhaço e tudo, que brindou a pequenada com (mais) um penalty e (mais) duas expulsões.
    Não admira que o menino porto festeje os títulos com muita naturalidade, é como ir ao supermercado comprar gelado. Aposto que o pai, embevecido, ainda lhe pergunte: "queres de fruta ou chocolate"?

    ResponderEliminar