terça-feira, 10 de abril de 2012

Vergonha para todos

Nada está ganho, nada está perdido. Se há coisa que este campeonato demonstrou é que qualquer equipa pode perder pontos em qualquer campo, até em alvalade. Quatro (que na prática são cinco) pontos de distância entre o primeiro e o segundo classificados parece muito quando faltam apenas quatro jornadas para o fim, mas sabe-me a pouco quando o primeiro é o Porto e o segundo é outro qualquer. Guardemos, então, as celebrações para mais tarde.

A hora é de vergonha. Desde logo, vergonha para os adeptos do Porto que passaram a época a desfazer o treinador e a assobiar a equipa. E não venham agora tentar disfarçar. Nós sabemos quem vocês são e, caso isto acabe bem, não vos vamos deixar festejar tanto como nós. Sintam a vergonha de não terem contribuído em nada para este possível sucesso. Aprendam com os erros e, para o ano, espero não vos encontrar na bancada a repetirem as tristes figuras.

Vergonha, claro, para os adeptos do benfica. A confirmar-se o cenário mais provável, este campeonato talvez não seja uma grande vitória, mas será certamente uma enorme derrota. Os sinais que agora tantos apregoam como verdades absolutas – o treinador idiota, os reforços desequilibrados e a direcção irresponsável – estiveram sempre lá. Sempre, mesmo quando foram campeões. Demoraram foi demasiado tempo a ver a luz ao fundo do túnel, sendo que a palavra túnel não apareceu aqui por acaso. Levaram 5, viram-nos ser campeões em casa deles e ainda levaram com aquela reviravolta humilhante. Mas continuaram a achar-se os maiores, a aplaudir o Jasus e o seu 4-0-caos. Eu gostei, confesso, porque se há coisa que me apraz é ver um adversário aos gritos com o fora-de-jogo do Maicon (recordo: dois minutos depois da grande defesa do Cardozo na área) em vez de pensar no que significa perder cinco pontos de vantagem para os mesmos de sempre, mas que este ano nem sequer tiveram de se empenhar muito. Gritem, gritem muito. Eu não me esqueço de Barcelos, da Feira, de Olhão e de tantos outros. E, enquanto fazem isso, não parem para pensar em responsabilidades. Deixem o presidente do benfica campeão europeu e “coluna vertebral da selecção” em paz. Não me venham agora dizer que a culpa é do Jasus, quando vocês tanto aplaudiram aquele meio-campo vazio e negligente. E muito menos apontem o dedo ao grande capitão Luisão, que acaba expulso quando se irrita, ao menino bonito Javi Garcia, que não faz mal a uma mosca (a menos que seja preta), aos valiosos Gaitan, Nolito, Bruno César, Cardozo, Rodrigo, Saviola e Nélson Oliveira, que se apagam nos jogos mais importantes da vida de um adepto, mas que são “munta fortes” contra os leirias que andam por aí. Não façam isso, por favor.

Vergonha, ainda, para os adeptos do sportem. É verdade que o futebol dá tantas voltas que, vá-se lá saber como, continuam na Liga Europa e até podem ganhar a Taça. É estranho, eu sei, e talvez seja um grande feito para vocês. Mas festejar um quarto lugar no relvado daquela maneira? Eu sei que faço parte da geração que vai deixar de dizer “os três grandes”, porque aquele argumento do palmarés começa a ser estúpido quando se fica tão para trás nos títulos nacionais e não se ganham troféus internacionais. Ainda assim, tenham algum recato. Não é por mim, que devo ter festejado mais do que vocês, mas é pelos vossos filhos e netos, que poderão não conseguir escolher um clube vencedor, mas pelo menos devem ter direito a sentir-se infelizes por isso.

Repito: nada está ganho, nada está perdido. Vamos a eles. Quero festejar esta merda de vez.

21 comentários:

  1. Que cheiro a azia. Ahahaha xD Nao foi pelo quarto lugar, foi mais pelo banho de bola que levaram dentro de campo, so nao levaram 3 ou 4 secos porque nao calhou. Mas boa sorte para a taça da liga, senao ganharem podem sempre comprar daquelas que saemnos cereais que a merda é a mesma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, eu sou portista, pode explicar-me a azia e a taça da liga? Até me insulta ler isto e não perceber

      Eliminar
  2. Gente tapada esta que diz que deram banho de bola. Roubo de Igreja, foi o que foi. Só tiveram ocasiões porque se viram a ganhar. Até lá pareciam um Beira-Mar desta vida, a jogar em contra-ataque em casa contra o rival.

    Os festejos são algo que guardo como épico. Então eu, que estive lá e até me fartei de aplaudir mais um super título dos viscondes, acho que era badminton sub-8.

    De resto, concordo com tudo.
    Na época do título viram-se muitos problemas. Quiseram assobiar para o ar. A época passada foi das maiores vergonhas em 108 anos de história. E esta, é somente uma época de merda. Mais uma.

    Continuem a dar 90% ao Querido Líder.
    Eu estou de consciência tranquila: pago quotas, pago cativo, vou a deslocações como a de ontem. Mas vou lá votar em branco.

    Vieira e Jesus na rua, ontem...já era tarde.

    Simão, Escuta! Caralho!

    ResponderEliminar
  3. C., estou contigo: vamos lá ganhar esta merda de vez mesmo!

    Entretanto, podias convencer o M. a voltar a escrever! :)

    ResponderEliminar
  4. Cara C. como diz e bem nada está ganho é preciso conquistar os 8 pontos que nos faltam mas..

    MAS temos um dos maiores orçamentos de sempre, se não o maior, e com isso ganhar um "simples" campeonato não me invade a felicidade!! E sim fui um dos que criticou treinador direcção e principalmente jogadores. Voltava a fazer o mesmo, fui um dos que esteve no P1 depois dos 3-0 em coimbra e um dos que esteve no aeroporto depois da derrota no chipre. Não esqueço a humilhante participação na Champions, a humilhação de coimbra e barcelos, empate em casa com académica e empate em paços por demérito nosso.
    É certo que nos jogos de decisão para o campeonato (luz e braga) não falhamos, mas não me lembro de quando é que falhamos.

    No final, como eu espero, vou festejar sim não uma grande época do nosso clube, de quem já vimos ganhar tudo o que havia para ganhar, mas com este orçamento o "simples" campeonato não me enche a barriga. Mas sim vou festejar, uma grande derrota daqueles que a meio do campeonato já se proclamavam campeões!!

    Ps. Parabéns pelo blogue!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o nosso querer bastasse, não duvido que o Porto fosse campeão europeu sucessivamente, embora ache que os adeptos do paços de ferreira não o desejem menos. Não se pode ganhar sempre. Nós estamos muito bem habituados a vencer e depois desvalorizamos campeonatos que custaram tanto a vencer, como pode ser o caso, mas acho que isso é de evitar. Se formos campeões mesmo com os problemas conhecidos, temos de festejar como se não houvesse amanhã. Tentemos não cometer o erro de festejar mais as derrotas dos outros do que as nossas vitórias.

      Eliminar
  5. Ó Ergonómico, foi o teu treinador que proclamou o SLB campeão a dez jornadas do fim. Ele e um bando de malucos que acarditam no Jasusi.

    ResponderEliminar
  6. Cara C., vai-me desculpar mas discordo de si no 2o parágrafo. Estou consigo quando sugere que são uns imbecis os portistas que vão ao estádio assobiar a equipa; isso não é apoio, e para isso mais vale ficarem em casa. Mas este treinador e a direcção fizeram muitas asneiras este ano. Testaram até ao limite a paciência dos adeptos...
    O Vitor Pereira pode até ser catedrático de futebol e táticas (se é que a cátedra está livre), mas não me parece um bom condutor de homens. Campeão ou não, não gostaria de continuar a vê-lo sentado na minha cadeira de sonho. Isso não invalida que, enquanto vestir de azul-e-branco, é para mim, "o melhor do mundo". E nunca ouvirá da minha boca um assobio. Como não ouviram Co Adriaanses desta vida.
    A direcção brincou com o fogo este ano. 4 médios disponíveis para a 2a metade do ano? Na 1a volta, 1 ponta-de-lança (e mais um que não contava e ainda ninguém percebe muito bem porquê)? Este planeamento tem que levar uma grande volta. Não quero jogadores mimados, antes campeões abnegados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Houve muitos problemas este ano e é bom que não os ignoremos, para não os repetirmos para o ano. Mas sendo o objectivo máximo ser campeão então não vale a pena estarmos agora a bater nessa tecla.

      Eliminar
  7. Cat, há coisas que te ficam muito mal de dizer porque sabes muito bem que não são verdade.

    Adiante.

    ResponderEliminar
  8. «Quero festejar esta merda de vez.»

    Está tudo dito.

    ResponderEliminar
  9. Ah, e a do 4-0-caos só não é genial porque nunca foram 4... Infelizmente. De resto, seria. ;)

    ResponderEliminar
  10. Peço só para ter em atenção que a soberba foi também o pecado do Benfica...

    O que se comemorava em Alvalade, na segunda-feira, não era um quarto lugar, era muito mais que isso. Será que viu em 2000 os festejos no mesmo estádio, no jogo em que os encarnados ganharam com um golo do Sabry, mesmo que soubessem que o Sporting seria campeão na jornada seguinte?

    O que se comemorava na segunda era o facto de os maiores arrogantes deste país sangrarem aos pés do rival que, supostamente, estava morto e enterrado.

    Isto é a rivalidade entre os dois maiores clubes de Lisboa, clubes que dividem famílias e que desde o princípio do século passado fazem a capital parar.

    Sobre o rótulo de "um dos grandes" ou temos em conta o palmarés, ou então, infelizmente, só há um grande em Portugal, o Porto, sejamos coerentes...

    O Sporting é um dos grandes porque o seu palmarés assim o permite, porque o número de adeptos que tem, mesmo apesar de muitos anos sem nada ganhar, também o permite. De resto, lamentavelmente,mas com todo o mérito que vos reconheço, desde que o JNPC é presidente do Porto o palmarés conquistado não deixa margem para haver outro rival. Então se falarmos nos últimos 15 anos, para falarmos dos encarnados como grandes, teríamos também de falar dos axadrezados (que ganharam apenas menos um campeonato que cada um dos clubes da 2.ª circular). Daí achar que teremos mesmo de atender ao palmarés para falar de um grande e o Sporting é um grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem recordado esse golo do Sabry que eu tanto festejei :) a verdade é que a sportem e benfica parece que cada vez mais basta ganharem um ao outro ou ao Porto de vez em quando. Há dois anos, recordo que na penúltima jornada o benfica podia ser campeão no Dragão. O Porto ganhou, festejaram-se os golos e tal mas o jogo acabou e foi tudo para casa triste porque iam ser campeões na mesma. Enfim, é essa tal diferença de palmarés que cada vez mais se faz notar

      Eliminar
  11. fónix, essa do "4-0-caos" está muito boa, mais logo no café alguém vai levar com ela (com a devida vénia à autora :)

    ResponderEliminar
  12. Sobre o jogo da passada 2ª feira vou fazer um comentário em jeito de homenagem ao saudoso Pôncio Monteiro. Tal como os "benfiques"eu também fiquei chocada com aquele primeiro lance, então o Gaitan na vê cartão amarelo naquela simulação escandalosa,
    perguntem ao Hulk já quantos levou por muito menos.

    ResponderEliminar
  13. Benfiquista já te tenho dito,
    Que não é bonito,
    Andares a troçar,
    Troça, troça benfiquista
    Que la em Alvalade o campeonato vai voar....

    ResponderEliminar
  14. Benfiquista ja te tenho dito,
    Que não é bonito andares a troçar,
    Troça, troça benfiqiusta,
    Que lá em Alvalade o campeonato vai voar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehe grande mesmo, gosto muito.
      E aquele comentário, tipico benfiquista, pós-derrota que diz:" Se o fdp do árbitro tem marcado aquele penalty logo ao inicio do jogo teria sido diferente...". Se, se, se.... Mas depois desse lance, nada mas mesmo nada fizeram para ganhar o jogo!
      E o melhor é que se fiaram no pontapé, ao lado da baliza, do Yannick para empatar o jogo! Há com cada um...!

      Eliminar
  15. Não retiro nem uma única palavra ao que disse durante toda a época. Não me envergonho de nada do que disse. A equipa quer e vai dar o título aos adeptos do FCPorto como uma forma de nos retribuir a dedicação pela má época. Estamos sim 4+1 pontos á frente não tanto pelos bons resultados e pelo bom futebol mas porque os adversários conseguem ser piores. Tenho a certeza pelo nosso historial e porque SOMOS PORTO que não vamos vacilar e que seremos campeões!

    ResponderEliminar