terça-feira, 21 de agosto de 2012

Sem vergonha

Muito se tem falado de vergonha nos últimos dias. Seja através de discursos lidos ou de cassetes repetidas, a vergonha é uma constante no futebol português. E nesta jornada veio novamente ao de cima.

Gostei do jogo que o F.C. Porto fez em Barcelos. Tivemos várias oportunidades para marcar e praticamente não deixámos o adversário jogar. Gostei do Jackson, do Lucho e do Alex Sandro, e gostei de ver o Hulk ainda interessado em nós. Falhámos muito, é verdade, mas também falhámos porque o guarda-redes fez a exibição da vida dele. E perdoem-me aqueles (poucos) que esperavam vir aqui ler uma análise lúcida do empate, porque eu também creio que falhámos porque o árbitro considerou que agarrar o tronco, a bacia e a perna do Kléber durante vários segundos não é motivo suficiente para penalty. Árbitro esse que está tão perto do lance que quase que também é agarrado pelo jogador do gil. 

Esperei dois dias para escrever porque cheguei a acreditar que conseguia ser como aqueles portistas que alegam que o Porto tem de ser superior às falhas dos árbitros e que tinha de ter jogado muito mais para ganhar. Gostava mesmo de ser assim, mas não sou. Quanto mais vejo as imagens, quanto mais jornais leio, mais penalties vejo (o Mangala também é mandado ao chão na grande área e o James, se não fosse palhacito e não se tivesse encolhido logo, também tinha sido varrido). 

Não tenho vergonha, portanto, de assumir que acho que o campeonato começou com o F.C. Porto a ser prejudicado em dois pontos. Sim, também admito que se aquela primeira parte não tivesse sido tão adormecida não teríamos precisado de nos chatear com isto. Mas, assim de repente, lembro-me que começámos os últimos dois campeonatos com vitórias à rasca na primeira jornada e que isso provavelmente se repetiria se pelo menos uma destas faltas tivesse sido devidamente assinalada. A tradição ainda é o que era: os árbitros continuam sem vergonha de nos roubar em Barcelos. 

Quem também anda com falta de vergonha é o treinador do gil vicente, estrela de anúncios publicitários e ilustre mestre da táctica do anti-jogo. Comentou ele, no final da partida, que a equipa não jogou fechada e que nem sequer viu nenhum lance polémico. Saberá certamente este senhor que ninguém espera que a sua equipa assuma o jogo contra o bicampeão nacional, mas também não é bonito tentar fazer de todos nós, os que viram o jogo, estúpidos. O gil vicente não só jogou fechado, como passou os 90 minutos a fazer faltas, a demorar uma eternidade em cada lançamento e a aplaudir cada interrupção idiota que o árbitro deixava prolongar. Se ficam contentes com pontos ganhos assim, tal como ficaram com a vitória escandalosa da época passada, tudo bem, são um clube muito pequeno e eu compreendo, mas admitam-no. 

Outra vergonha que vai permanecer por cá pelo menos até ao dia 31 de Agosto é a daqueles jogadores que aproveitam cada microfone colocado à sua frente para exprimir desejos de jogar neste ou naquele clube, de brilhar neste ou naquele campeonato, ou de receber este ou aquele salário. Já chega a vergonha de arrastar o mercado até tão tarde, deixando as equipas vulneráveis aos caprichos dos grandes tubarões europeus, não precisamos de mais meninos com a cabeça longe quando já estão pontos em disputa. 

O que vale é que os nossos rivais estiveram à altura do momento. Na luz, o benfica, com mais um jogador devido a um erro do árbitro, teve todas as razões para ter ficado contente com o empate, tal foi a qualidade do jogo apresentado. Em Guimarães, o sportem de Sá Pinto manteve a sua estratégia de nunca assumir o favoritismo e cumpriu os mínimos para os seus tão pouco exigentes adeptos. Sem vergonha nenhuma, claro.

10 comentários:

  1. A questão é que, independentemente do exibição ao não do SLB, o Soares Dias anulou um golo. Que análise mais parcial.......enfim, apesar de ser do SLB consigo ver que o Kléber sofre uma Placagem.....agora tu não veres que o ASD anula um golo limpo.....enfim....se calhar em Alvalade no lance do Polga com o Gaitan (njo ano passado)também dizes que não é penalti......

    P.S. só uma nota: dizer que o FCP é prejudicado pelos senhores do Apito é uma piada?

    Não gozem com as pessoas.....é que, ao que se sabe, os senhores do apito não recebem aconselhamento matrimonial em casa de outros dirigentes......nem rebuçados, nem café (com leite + claro ou + escuro - conforme os gostos), nem agências de V. pagam férias (ao Senhor Amorim e outros quejandos) no brasil e remetem as respectivas facturas para, p. ex., o Rio Ave, o Paços de Ferreira, ou ainda o SCP: não, enviam as facturas para que se comprometeu a pagá-las: o FCP!!! é essa a v/ história, são esses acontecimentos que estão por trás do V/ sucesso, que, em lugar de ser conquistado, foi comprado! Agora parem de mandar poeira para os olhas das pessoas.....e mais, um pessoa que, só porque é adepta de um determinado clube (neste caso dos corruptos), e que fica incapacidada de reconhecer estas circunstâncias, presta um mau serviço à comunidade e à cidadania!!

    Cumprimentos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso viu-se hoje em Setubal, como se começa um campeonato, a roubar para esse club nogento, e digam lá, isso é tudo culpa do apito dourado, esse árbitro devia ser saneado e já, concerteza também teve rebuçados, e viagens pagas pelo Dr. orelhas, portanto Benfiquistas tenham vergonha na cara, e dêm a mão á palmatória, o F.C.P. é o maior, e mais não digo!!!!

      Eliminar
  2. Howard King autobiografia, vem la a gloriosa forma como o benfica conquistou o seu palmares. cada um tem direito a opiniao mas um anónimo é apenas sinónimo de COBARDIA, um ser patetico que nao passa de um frustrado que nunca na vida tera capacidade para criar algo. Quando nao se tem sucesso arranja-se uma forma patetica de tentar destruir o que os outros conquistaram.volta vale e azevedo que tas perdoado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Amigo,

      Ora cá está o inevitável (como sempre acontece com este tipo de adeptos): à falta de capacidade para rebater argumentos com ideias, lá vem o tradicional insulto.....nem vou perder tempo....

      Todavia, como notei que gostas de ler, deixo aqui umas sugestões (talvez possas gostas - acredita, que depois de leres ainda tenho mais umas quantas para recomendar....):

      1. "Apito Dourado - as Entranhas do Polvo" - Afonso de Melo"
      2. "Eu, Carolina" - C. Salgado.
      3. "Descida ao Inferno" - C. Salgado - aqui podes ver como um corruoto foge deste páis para espanha - avisado pela policia a quem damos o dinheiro dos nossos impostos.....(supostamente para nos proteger)...
      4. "Golpe de Estádio" - Marinho Neves(este tem a particularidade de ser encontrado em PDF a circular na Net;)
      5. Máfia no Futebol - vende-se nos Hipermercados;
      6. As Manobras do (corrupto presidente) - salvo erro da autoria de um jornalista marco alves - vende-se igualmente nos hipermercados.....
      7. "Estádio de Choque" - Rui Santos
      8. "vocês sabem do que é que eu estou a falar" - Otávio Machado).

      Isto é mais do uma questão de futebol!!!! Percebes?? e quem não consegue alcnçar isso - cego pela clubite - é um mau cidadãoão que envergonha a comunidade em que se insere.....!!!

      Já agora, não achas injusto o Centro de Estágio do Olival custar menos (a expensas do Estado!) do que o teu Crédito à Habitação ou mesmo a tua renda de casa (tratando-se de um T2/T3)??

      Questiona-te....e não venhas com essa argumentação completamente desprovida de sentido, pois aí, até o Lagarto do J.E. Betencourt tem razão, quanto afirmou:

      "queremos ganhar, mas não a todo o custo" - eu acrescentaria, perante a podridão/corrupção a que chegou o país, até fica bem ao MAIS QUERIDO E GLORISO não ganhar.......

      Por contra partida, outros preferem ganhar a todo o custo - correndo atrás apitadeiros (José Pratas) - batendo nos apitadeiros - Carlos Valente - 1991.....etc. etc., é uma questão de cultura, e essa, de facto, acenta-vos muito bem!


      Saudações desportivas.....




      Eliminar
    2. ps2:
      a minha sugestão de leitura começa pelo livro "O águia do graveto : a mentalidade ganhadora do senhor F.", de Nogueira Baptista.

      Eliminar
    3. De facto, sois mesmo invejosos, e o AZUL E BRANCO é tão lindoooooo, voçês até ficam ofuscados pela luz, que o AZUL E BRANCO transmite, força PORTO és o maior!!!!

      Eliminar
  3. @ anónimo
    (o das 16:59 e 11:43)

    como se costuma dizer, "fala o roto do nú".
    sim!, porque o teu clube é impoluto; é uma instituição digna, credível, isenta, exemplar e sem qualquer pecadilho que possa (sequer!) ensombrar a sua (dita) «gloriosa» história.

    antes de "atirares" pedras ao "telhado" do vizinho, talvez seja preferível inteirares-te dos lampiónicos "telhados de cristal" que (in)tentas fazer por esquecer.

    ps:
    é engraçado não teres dedicado uma única linha à pouca vergonha que se passou na Alemanha - em sintonia com um (tristemente) célebre jogo que o teu clube do coração realizou no Canadá, na época passada.

    ResponderEliminar
  4. Benfiquista que não casou com uma puta... foi com duas25 de agosto de 2012 às 00:41

    Ó Pent...elho, concretiza, pá!

    Quanto ao mais, estou em total acordo com a postadeira: FCP prejudicado, Benfica beneficiado... Ainda agora começou a liga e já é uma roubalheira pegada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não preciso concretizar; os atletas profissionais do meu clube do coração fazem-no por mim
      (e não preciso ser baixo como tu nas palavras -e já agora, no "nick" (mas tu lá saberás melhor da tua vida do que eu...) - para fazer passar a minha convicção de que sois o clube do regime. ponto final. e que és tão "cepo" que nem consegues interpretar o que se subentende nos meus comentários). ponto final, parágrafo.

      Eliminar