quarta-feira, 7 de agosto de 2013

O melhor onze

O meu clube anda a pedir aos adeptos para votarem no melhor onze da sua história. À primeira vista, pode parecer fácil clicar em bonequinhos previamente definidos, mas, para nós, os doentes, escolher o melhor onze de sempre é uma responsabilidade enorme.

Às vezes espanta-me a facilidade com que os clubes se esquecem que os adeptos são aquilo que de mais importante têm. Por exemplo, este Verão, ninguém do FCPorto me perguntou quem é que eu achava capaz de ser um bom suplente para o Jackson (disse suplente, não substituto, se o deixam sair este ano mato-vos). É incrível, não é? Felizmente, eu também achava que o Ghilas era uma óptima opção, o que diminui a gravidade de não me consultarem para este tipo de decisões importantes, nas quais tanto tempo passo a pensar durante a pré-época.

Daí que pedirem-me para escolher o melhor onze de sempre me faça sentir finalmente importante. Eu, C., simples adepta, sócia apenas desde os 3 anos (um escândalo, eu sei), posso contribuir para que onze rapazes tenham o orgulho imenso de ser escolhidos. Mas não é fácil, admito.

Desde logo porque eu tenho 26 anos. Ora, num clube com 120 anos, isso torna-se um pouco redutor. O primeiro FCPorto da minha memória tinha Domingos e Kostadinov na frente. Tinha Baía, João Pinto e Aloísio lá atrás e tinha André e Rui Barros no meio. Já não tinha Fernando Gomes, Mlynarczyk, Frasco ou Futre. O FCPorto eu vi, que eu tanto apoiei, tinha o triângulo Costinha-Maniche-Deco e teve Jardel, Lisandro e Hulk. O FCPorto da minha geração é um clube com grandes jogadores, mas a maioria chega de longe, ganha durante algumas épocas e troca-nos por outro. São craques, mas dificilmente ficarão na nossa história.

Mas o meu FCPorto não sou só eu. O meu FCPorto é o meu avô a falar do Cubillas, é o meu pai a exemplificar os livres do Branco e a minha mãe a recordar o calcanhar de Madjer. O meu FCPorto são décadas de histórias, de muitas vitórias mas também muitas derrotas, de um Pavão que faleceu muito antes de eu nascer e de um Pedroto que eu nunca conheci. O meu FCPorto é muito mais do que eu, do que tu, do que Pinto da Costa, do que Robson ou Mourinho, do que Deco ou Falcao.

Por isso, escolhi estes, mas podia ter escolhido muitos outros:

Vítor Baía, o melhor guarda-redes português de sempre
João Pinto, pelas imagens com a taça nas mãos
Aloísio, pelo estilo
Fernando Couto, pela raça
Branco, pelos tais livres
André e Frasco, por todos os jogadores à Porto
Deco, com muita pena de não poder incluir também Rui Barros
Madjer e Futre, pelo início de uma grande era
Jardel, porque queria escolher Domingos mas o M. ficou escandalizado por eu deixar de fora o ponta-de-lança que mais o fez sofrer.

E vocês? Que onze escolheram?

22 comentários:

  1. Pena que seja apenas o teu FCPorto, por mim deveria ser o verdadeiro FCPorto. Mas o verdadeiro FCPorto é o FCPorto de Pinto da Costa. Isso é uma verdade insufismável e sem qualquer tipo de discussao possível.

    ResponderEliminar
  2. É impossível comparar jogadores de eras diferentes, seja qual for o plano emocional.

    Condições de treino, evolução táctica, física, mental, tudo isso transforma, em teoria o Cissokho em melhor defesa que o João Pinto, ainda que seja quase impossível dizer isso sem nos rir-mos um pouco.

    É uma brincadeira com piada mas impossível de levar realmente a sério.

    PS: Anónimo. O PdC, como um dos dois maiores presidentes da história do futebol de clubes, é uma sombra brutal sobre o clube. Mas nem é o clube nem define o que é o clube.

    ResponderEliminar
  3. Kralj
    Ibarra
    Lula
    Stepanov
    Areias
    Quintana
    Baroni
    Kiki
    Ricardo Fernandes
    Paulinho César
    Kaviedes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esquisita esta equipa sr Bizarro.

      Eliminar
    2. Ainda bem que ao menos neste 11 conseguiu colocar 1 campeão europeu pelo FCP...Nos barretes do seu clube aposto que não consegue fazer o mesmo.

      Eliminar
    3. "Ainda bem que ao menos neste 11 conseguiu colocar 1 campeão europeu pelo FCP...Nos barretes do seu clube aposto que não consegue fazer o mesmo."

      Isso é q consigo: Derlei

      Eliminar
    4. Se todos os barretes da sua equipa fossem como o Derlei, talvez não passassem tantos anos a jejuar... Ou pelo menos em jejum cíclico...

      Eliminar
    5. Que eu saiba o Derlei apenas foi campeão europeu no FC Porto pois nos outros clubes que passou pouco ou nada ganhou...

      Eliminar
  4. Vítor Baía
    João Pinto
    Aloísio
    R. Carvalho
    Branco
    Zahovic
    Deco
    Duda
    Madjer
    Futre
    Jardel

    ResponderEliminar
  5. Vítor Baía
    João Pinto
    Aloísio
    Jorge Costa
    Branco
    André
    Deco
    Alenichev
    Madjer
    Hulk
    Jardel

    só jogadores que vi a jogar, penso que existiram outros melhores mas como nunca os vi a jogar...

    ResponderEliminar
  6. Młynarczyk, João Pinto, Aloísio, Fernando Couto, Branco, Costinha, Deco, Alenichev, Futre, Madjer, Gomes.
    Estes sao a minha escolha, no entanto ha outros k por mim tambem podiam estar aki. Há é na minha opiniao uma falha grave, foi a nao colocaçao do Cubillas neste grupo de opçoes.

    ResponderEliminar
  7. Ora então adeus a este blog, que seguia com muito interesse, mas que afinal faz censura. Deve ter o mesmo gestor da conta de Twitter da mulher do Atsu.

    Até sempre!

    ResponderEliminar
  8. 1 - Vitor Baía
    2 - João Pinto
    3 - Jorge Costa
    4 - Fernando Couto
    5 - Branco
    6 - Frasco
    7 - André
    8 - Deco
    9 - Madjer
    10 - Futre
    11 - Gomes

    ResponderEliminar
  9. Escolha muito difícil porque tem de se deixar de fora autênticos craques.
    1- Baía
    2- João Pinto
    3- Branco
    4- Fernando Couto
    5- Ricardo Carvalho
    6- André
    7- Madjer
    8- Maniche
    9- Falcao
    10-Deco
    11-Futre

    ResponderEliminar
  10. O nosso Porto é também o Porto de Pinga , que poucas pessoas haverá que o viu jogar mas rezam as crónicas, se tivesse vestido outras cores teria sido considerado o melhor jogador de todos os tempos. Há quem diga , que quem só viu jogar Eusébio não viu jogar o melhor jogador Português de todos os tempo...PINGA

    ResponderEliminar
  11. Cara C.

    Apenas com os que vi jogar. Nasci em 1970.

    1- Baía (o melhor Portugês de sempre)
    2- João Pinto (ainda hoje em dia estaria no top 3 do mundo)
    3- Pepe (difícil a escolha)
    4- Ricardo Carvalho (o melhor central de azul e branco)
    5- Branco (não eram só os livres. Eram arrancadas em que fintava 4 e estourava para a baliza)
    6- Fernando (é o melhor trinco que já vi jogar)
    7- Jaime Magalhães (remates, centros, arrancadas, fintas, passes. tudo fazia bem9
    8- Jaime Pacheco
    9- Jardel (custou-me deixar o Gomes de fora, mas era inacreditável como este homem fazia golos. Mesmo muitos. E alguns foram geniais)
    10- Deco (o melhor jogador que vi jogar no FC Porto)
    11- Futre (um génio. Com a disciplina do nosso Ronaldo podia ter sido melhor que o Messi)

    Num jogo de sonho, estes onze jogariam com o FC Porto B.
    Assim custa menos deixá-los de fora do onze.

    21- Mly
    22- Paulo Ferreira
    23- Fernando Couto
    24- Jorge Costa
    25- Inácio
    26- André
    27- Maniche
    28- Sousa
    29- Gomes
    30- Oliveira
    31- Madjer

    Bem hajam.
    Pelife

    ResponderEliminar
  12. Ainda não fiz meu 11, porque ainda não consegui sequer fazer o meu 23 ideal, sem deixar verdadeiros craques de fora, chega a ser um tormento:-)

    Mas pra já entre os 23 "convocados" para o melhor 11 de sempre estão com certeza estes 8 jogadores:Deco, Hulk, Baía, Futre, Jardel, Aloísio, Jorge Costa e Ricardo Carvalho.Escolher os outros 15 sem cometer injustiças é um suplício, mas ainda bem que assim é, há muita escolha para poucos lugares.

    Mas que fica uma sensação de injustiça, isto fica, como por exemplo escolher o ponta-de-lança, tendo nomes como Gomes, Jardel, Falcao e Domingos...quem fica de fora?Ai ai ai...

    ResponderEliminar
  13. Faltam aí os de preto que estiveram sempre presentes quando foi preciso o empurrãozinho da praxe... são uns heróis!

    ResponderEliminar
  14. 1 - Vitor Baía
    2 - João Pinto
    3 - Ricardo Carvalho
    4 - Aloísio
    5 - Branco
    6 - Costinha
    7 - Frasco
    8 - Deco
    9 - Jardel
    10 - Futre
    11 - Madjer

    ResponderEliminar
  15. O meu 11 é idêntico, troquei apenas o Aloísio (com mt pena confesso) pelo Ricardo Carvalho (provavelmente o Central com mais classe que vi no FCP, e temos tido tantos de TOP)

    ResponderEliminar
  16. O vosso blog é um espectáculo!
    Parabéns M.(apesar de Benfiquista) e C.

    ResponderEliminar